sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Ok... respire fundo e vamos lá!
Acho que finalmente tomei uma decisão importante na minha vida. Eu não quero ser precipitada e contar aqui tudo o que eu pensei nas últimas horas, nem o que tem acontecido pra que eu sofra uma mudança tão radical assim.
Sabe a velha história da vida cíclica? Pois bem, basta saber que eu decidi não vivê-la mais! Já faz muito tempo que eu tenho pensado nisso, no fato da repetição das coisas, dos problemas, das manias, das pessoas, das perseguições, dos raciocínios... Não quero mais isso pra mim!
Hoje me vi cometendo o mesmo erro de sempre. Mas dessa vez eu não vou culpar ninguém pelo meu nervosismo, pela minha insegurança, pela minha falha. Finalmente tomei consciência de que não adianta esperar que o outro tome a iniciativa.
Já disse que vou procurar orientação psicológica? Pois bem... Esse já é o primeiro passo. Não sei como vai ser, nem quando, nem com quem. Não sei se será procutivo, se as coisas vão melhorar ou piorar, só sei que eu quero ao menos tentar e deixar de ser tão covarde. Ao menos tentar, tentar...
A fuga, culpar os outros, os esconderijos... por que o ser humano é tão covarde?